• O primeiro amor

     

     

     

     

     

     

     

     

     Quem não se recorda do primeiro amor?

     

     

     

     

     

  • Sonho que te vejo na rua...

    Num café....

    Numa esquina qualquer.

    E vamos fazer muito amor!

    E que vamos ficar juntos para sempre.


    votre commentaire
  • Aurelio onde andas?

    Porque não me procuras?

    Tenho tantas saudades tuas...

    Amo-te tanto como te odeio

    Que raiva! 

    Será que te  lembras de mim?

    Claro que não, nem te preocupas em saber se estou viva.

    Se sinto a tua falta.


    votre commentaire

  • votre commentaire
  •  

    Eu tinha 17 anos quando conheci o meu primeiro amor.

    Foi uma paixão de verão.

    Eramos dois adolescentes.

    Ele era de Espanha. 

    Eu fui passar férias a Lugo, Espanha e conheci a minha grande paixão.

    Foi um amor lindo!

    No fim das férias eu vim para Portugal.

    Naquela época era complicado. Eu em Portugal, ele em Espanha, adolescentes, dependentes economicamente dos pais.

    Mesmo assim, não acabamos o romance.

    Contactavamo-nos por cartas, telefone e ás vezes ele vinha a Portugal.

    Esta foto foi tirada em Portugal, em Viana do Castelo.

    Andamos assim, durante dois anos.

    Parecia que estava tudo muito bem....mas não estava.

    Os pais dele não concordavam com o nosso romance por eu andar numa cadeira de rodas.

    Ele tentou enfrenta-los mas foi pior.

    Ameaçaram que se ele continuasse comigo  o punham fora de casa.

    Ele ainda tentou vir para Portugal, sem dinheiro, apenas com um saco de roupa. 

    Estava na estação do comboio.

    Uma amiga minha, por coincidencia foi a Espanha nessa altura, viu-o na estação á espera do comboio para portugal.

    Falou com ele e convenceu-o a voltar para casa.

    E ele foi...

    Hoje ainda penso se ele me amava o suficiente para enfrentar a estupidez dos pais.

    E se seria feliz com ele.

    São perguntas que jamais saberei as respostas.

    Nunca mais o vi...soube que foi viver para Barcelona....mais longe de mim.

    Hoje não sei nada dele.

     


    6 commentaires


    Suivre le flux RSS des articles de cette rubrique
    Suivre le flux RSS des commentaires de cette rubrique